Waldenor Pereira
Waldenor Pereira Deputado Federal
Discursos em plenário

8/12/2011 - Outorga ao competidor de lutas marciais Antônio Rodrigo Correia Nogueira, o Minotauro, do Prêmio Destaque no Marketing, na categoria Personalidade do Ano 2011, pela Associação Brasileira de Marketing e Negócios.

CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

 
Sessão: 355.1.54.O Hora: 10:32 Fase: OD
Orador: WALDENOR PEREIRA, PT-BA Data: 08/12/2011


O SR. WALDENOR PEREIRA (PT-BA. Pela ordem. Sem revisão do orador) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, protocolamos junto à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados uma moção de aplauso ao atleta Antônio Rodrigo Correia Nogueira, conhecido internacionalmente como Minotauro, que se faz presente na lista dos lutadores mais vitoriosos de todos os tempos.
Minotauro foi agraciado com o Prêmio Destaque no Marketing, da Associação Brasileira de Marketing & Negócios - ABNM, na categoria Personalidade do Ano de 2011. O prêmio foi entregue a esse esportista na última sexta-feira, dia 2 de dezembro, no Rio de Janeiro.
Minotauro é o terceiro esportista a ser agraciado com esse prêmio, anteriormente também destinado a Zico e Ayrton Senna.
Antônio Rodrigo Correia Nogueira é filho de Vitória da Conquista, segunda mais importante cidade do interior do Estado da Bahia, a cidade que me acolheu como cidadão, minha principal base eleitoral e onde resido.
Filho de Antônio Hamilton Nogueira, meu amigo pessoal e grande incentivador da sua carreira, Minotauro orgulha o povo brasileiro, o povo da Bahia e, sobretudo, os cidadãos conquistenses.
O prêmio que lhe foi concedido, na minha opinião, é mais do que justo, não só por ser ele o esportista que é e pelas tantas vitórias já alcançadas, mas principalmente pelo seu exemplo de superação.
Aos 12 anos de idade, Minotauro foi atropelado, sofreu 5 cirurgias e recebeu do seu médico a recomendação de praticar atividades esportistas e exercícios físicos para superar as mazelas que resultaram das várias operações. Assim, ele passou a praticar jiu-jitsu. E, aos 21 anos foi campeão de Artes Marciais Mistas - MMA, cuja organização internacional tem sede no Japão. Tornou-se campeão de várias categorias no Ultimate Fighting Championship - UFC e, no último dia 2 de dezembro, foi homenageado como personalidade de destaque do ano de 2011 pela Associação Brasileira de Marketing & Negócios.
Portanto, quero parabenizar o companheiro e conterrâneo Minotauro pelas vitórias que tem dado ao povo brasileiro, especialmente ao povo do Estado da Bahia. Reconheço como justa essa homenagem, esse prêmio concedido e, da tribuna da Câmara Federal, associo-me à Associação Brasileira de Marketing & Negócios por ter concedido essa merecida premiação, essa merecida homenagem, a esse extraordinário brasileiro, baiano e conquistense, que tanto tem orgulhado e honrado o Brasil nos torneios e nas competições de que tem participado.
Parabéns ao companheiro Minotauro e minhas homenagens especiais ao seu pai, Antônio Hamilton Nogueira.




 

PRONUNCIAMENTO ENCAMINHADO PELO ORADOR

Sra. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, registro moção em homenagem ao atleta Antônio Rodrigo Correia Nogueira, o Minotauro, pelo Prêmio Personalidade do ano de 2011 de Destaque do Marketing da a Associação Brasileira de Marketing & Negócios - ABMN, entregue sexta-feira passada, dia 2 de dezembro, no Rio de Janeiro.
Antônio Rodrigo Correia Nogueira, conhecido mundialmente como Minotauro, nasceu em Vitória da Conquista, na Bahia, em 2 de junho de 1976. Filho de Antônio Hamilton Nogueira e Marina Prates Correia e irmão gêmeo de Antônio Rogério, o Minotouro, também atleta do MMA, ele iniciou sua trajetória de atleta de lutas marciais e vitórias ainda cedo, aos 11 ou 12 anos de idade, em circunstâncias verdadeiramente extraordinárias e marcadas pelo destino. Em decorrência de um atropelamento sofrido aos 11 anos, Minotauro passou por inúmeras cirurgias e ficou hospitalizado por cerca de um ano.
Após a sua recuperação, foi orientado pelos médicos a praticar exercícios para melhorar a sua respiração, uma vez que o seu pulmão sofreu 5 cirurgias para retirada de tumores causados por infecções originadas pelo acidente. Inicialmente, passou a treinar judô, em Vitória da Conquista, com o Prof. Dalmácio do Carmo. Aos 16 anos, foi estudar em Salvador, onde se iniciou no jiu-jitsu.
Com apenas três meses de treinamento, ele disputou o primeiro campeonato e se consagrou campeão baiano na faixa inicial. A sua escalada nesse esporte foi impressionante. Em pouco tempo, tornou-se campeão baiano, titulo que ostentou várias vezes. Depois, foi campeão do Norte e Nordeste e campeão brasileiro, também por vários anos consecutivos. Chegou à faixa preta em apenas 2 anos.
Aos 21 anos de idade foi disputar o Campeonato Pan-Americano de Jiu-Jitsu nos Estados Unidos e, novamente, sagrou-se campeão. Passou, então, a morar naquele país, onde montou uma academia de artes marciais na Flórida. Lá, foi descoberto por japoneses apaixonados pelo Mixed Martial Arts, ou Artes Marciais Mistas - MMA que o convidaram para lutar no evento denominado Rings of The Kings, à época o mais famoso do mundo. E também ali ele se tornou campeão do certame.
Posteriormente, esse evento foi substituído, no Japão, por um outro denominado Pride, que passou a ser o maior evento do mundo. Minotauro sagrou-se novamente campeão, permanecendo com o cinturão por 3 anos consecutivos.
O UFC comprou a licença do Pride no Japão, o que fez com que Minotauro lutasse nessa nova organização americana, na qual também foi campeão de pesos pesados - ficou com o cinturão por um ano. Minotauro é o único atleta do mundo a deter o cinturão de campeão dos três certames mais famosos do mundo: o Kings of The Kings, o Pride e o UFC.
É considerado o maior finalizador da história do MMA e está na lista dos lutadores mais vitoriosos de todos os tempos. Além de seu forte jogo de chão, Minotauro sempre se destacou por ser um dos lutadores mais duros da história. O fato de nunca ter sido um grande strike torna seu cartel de 33 vitórias, 21 delas por finalizações, e apenas 6 derrotas um dos mais impressionantes do MMA.
Atualmente, ele mantém dois centros de treinamento: um em San Diego, na Califórnia, Estados Unidos, e outro no Rio de Janeiro. No centro de treinamento do Rio, desenvolve um belo projeto social no qual estão envolvidos professores e atletas de todas as modalidades das artes marciais: o treinamento de 140 crianças e adolescentes carentes, moradores de favelas.
E foi pela sua trajetória de permanente superação, coroada com a volta por cima após uma sequência de cirurgias, e pela volta ao octógono com uma vitória emblemática, no UFC Rio, em agosto deste ano, que a ABMN lhe concedeu essa honraria.
A escolha de seu nome se pautou por critérios que identificam um conjunto de competências reunidas, talento e resultados alcançados. Qualificou-o a receber esse importante prêmio sua vitoriosa carreira, respaldada em atributos como objetividade, dedicação, determinação, amor ao esporte, conduta impecável dentro e fora dos ringues, qualidades que o tornam um exemplo a ser seguido por crianças e jovens que amam o esporte.
Rodrigo Minotauro é o terceiro esportista agraciado na história da premiação, ao lado de Zico, em 1990, e de Ayrton Senna, em 1992, na galeria dos vencedores.
Na oportunidade da entrega do Prêmio Personalidade do ano de 2011 de Destaque do Marketing da a Associação Brasileira de Marketing & Negócios, portanto, Sras. e Srs. Deputados, gostaria de homenagear esse vitorioso atleta conquistense, pelos feitos de sua carreira e também por elevar o nome da minha estimada cidade de Vitória da Conquista em nível mundial e associar a sua imagem ao que o Brasil tem de melhor a oferecer: a superação.
Muito obrigado, Sr. Presidente.

Waldenor ® todos os direitos reservados.